Informação sobre psoríase, causas, sintomas e tratamento da psoríase, com diagnóstico do grau de gravidade de cada situação e dando dicas para que quem sofre com psoríase, doença crônica infecciosa, possa melhorar a sua qualidade de vida.


Psoríase nas unhas

Em 90% dos casos a psoriase pode envolver as unhas, correspondendo a um grande estigma da doença, interferindo nas atividades de trabalho e mesmo nas relações sociais, podendo ainda causar dor local. O manejo da psoriase ungueal é difícil, e normalmente evolui com vários episódios recidivantes, na maioria das vezes subintrantes, sem que se experimente a cura completa das lesões. Uma das principais características da doença é a onicólise. Um cuidado inicial que o paciente deve seguir é o de evitar traumatismos, manter a unha curta, seca e limpa, diminuindo assim os estímulos que possam intensificar este descolamento ungueal. Como a onicólise, a hiperqueratose subungueal representa alterações do leito ungueal. Além destas, a presença de pitting ungueal e irregularidades no relevo da lâmina são importantes e estas representam lesão da matriz, que pode ser acompanhada de paroníquia. Dependendo do grau de intensidade da doença, do seu impacto na qualidade de vida e da sua associação com outras formas de psoríase, o tratamento tópico pode ser uma opção mas também se pode optar pela escolha de um tratamento sistêmico.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL