Informação sobre psoríase, causas, sintomas e tratamento da psoríase, com diagnóstico do grau de gravidade de cada situação e dando dicas para que quem sofre com psoríase, doença crônica infecciosa, possa melhorar a sua qualidade de vida.


Prevenção da psoríase

Não se pode impedir que um indivíduo tenha psoríase já que suas causas ainda não estão totalmente esclarecidas e, na maioria dos casos, já nasce com uma programação genética para ter ou não a doença. Entretanto os portadores da doença podem prevenir novas recaídas ou o agravamento das lesões das seguintes formas:
  • Evitando o estresse, queimaduras, cortes e traumas na pele;
  • Tratando rapidamente das infecções que surgirem, sobretudo da garganta;
  • Minimizando o uso de medicamentos que agravam a psoríase, como antiinflamatórios não-esteroidais, antimaláricos, beta-bloqueadores, antidepressivos, imunossupressores e corticosteróides por via oral ou injetável;
  • Hidratar diariamente a pele;
  • Evitar raspar as lesões, pois o traumatismo é um dos fatores desencadeantes da patologia.
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL